Problema Financeiro 2: Estudo de pagamentos parcelados de Celular. Qual o juros embutido ?

Em uma determinada loja de varejo foi oferecido um celular Samsung Galaxy S6 nas condições abaixo:

R$ 3299,00 em 10 x de 329,90

ou

R$ 2969,10 a vista.

Galaxy S6 Estudo de Juros

Qual a taxa de juros embutida nas 10 parcelas ?

Os juros embutidos nas 10 parcelas são referentes ao valor a vista. Podemos utilizar o MS Excel para realizar estes cálculos

Veja outros estudos de matemática financeira

Publicado em Administração | Etiquetas , , , | Deixe o seu comentário

Sistema de Cotação de Mercadorias v 3.1 – Controle de Status e de Arquivos Relacionados

Nesta versão do Sistema de Cotação de Mercadorias há duas novas funcionalidades:

1) Controle de Status: pode se controlar em que momento está a Cotação de Mercadorias, inclusive, definindo datas limites.

2) Controle de Arquivos Relacionados: os fornecedores podem passar arquivos (de qualquer formato)  relacionados a uma determinada cotação além da planilha do excel  que o sistema importa, como por exemplo, contratos, demonstrativos, etc.  Agora no sistema há a possibilidade de referenciar esses arquivos que estarão armazenados no seu Hard Disk (HD) do computador.

Veja também:

Sistema de Cotação de Mercadorias

COMO REALIZAR A CONTA DO CALCULO DE PREÇO DE VENDA DE UMA MERCADORIA CONSIDERANDO OS IMPOSTOS

No que se baseia a Margem de Lucro de um produto ? Como estabelecê-la ?

Publicado em MS Access, Projetos | Etiquetas | Deixe o seu comentário

Javascript, Calculadora !

Um exemplo simples de Calculadora em Javascript:

Calculadora

Publicado em Javascript e AJAX | Etiquetas | Deixe o seu comentário

Distância em Segundos Segura – Calculando com Tabela de Dados no MS Excel

Como os bons motoristas devem saber, existe uma regra básica no trânsito onde quem bate atrás leva a culpa. Para evitar esse tipo de problema é recomendável se manter distância do carro da frente para que, numa freada de emergência, seja possível evitar a colisão.

Temos que pensar que quanto maior a velocidade maior a distância que devemos manter do veículo adiante. Mas como calcular essa distância segura ? Bom … isso depende além da velocidade, também do clima, do peso do carro, se a pista está ou não molhada, se há ou não neblina, condições do asfalto, etc …

No site do DETRAN – PR há um texto que diz o seguinte:

Para você saber se está a uma distância segura dos outros veículos, vai depender do tempo (sol ou chuva), da velocidade, das condições da via, dos pneus e do freio do carro, da visibilidade e da sua capacidade de reagir rapidamente.
Existem tabelas e fórmulas para você calcular esta distância, principalmente nas rodovias, mas como elas variam muito, e dependem além do tipo e peso do veículo, de outros fatores que também variam muito, o melhor é manter-se o mais longe possível (dentro do bom senso), para garantir a sua segurança.
Porém, para manter uma distância segura entre os veículos nas rodovias, sem a utilização de cálculos, fórmulas ou tabelas, vamos lhe ensinar a usar “o ponto de referência fixo”:

– Observe a estrada à sua frente e escolha um ponto fixo de referência (à margem) como uma árvore, placa, poste, casa, etc.
– Quando o veículo que está à sua frente passar por este ponto, comece a contar pausadamente: “cinqüenta e um”, “cinqüenta e dois”. (mais ou menos dois segundos).
– Se o seu veículo passar pelo ponto de referência antes de contar (cinqüenta e um e cinqüenta e dois), deve aumentar a distância, diminuindo a velocidade, para ficar em segurança.
– Se o seu veículo passar pelo ponto de referência após você ter falado as seis palavras, significa que a sua distância, é segura.
– Este procedimento ajuda você a manter-se longe o suficiente dos outros veículos em trânsito, possibilitando fazer manobras de emergência ou paradas bruscas necessárias, sem o perigo de uma colisão.

Como pode-se ver a distância segura considerada pelo DETRAN é de 2 segundos. Eu considero até mais dependendo do caso.

Medir, então, a distância em segundos é uma boa prática porque faz com que a distância entre os objetos aumente na proporção da velocidade. Já reparou que esta maneira de medir é muito usado na Formula 1 ? Imagina se o narrador iria dizer: […] Fulano está há 200 m do Ciclano […] Como iriamos saber se isso é muito ou pouco ? Depende da velocidade que Fulano e Ciclano se encontram. Se estiverem há 10 Km / h  os 200 m é muito. Se estiverem há 300 Km / h essa distância talvez não seja segura !

Considerando que:

Velocidade = Espaço / Tempo

Então:

Espaço = Velocidade * Tempo

Igualando as grandezas:

Se 1 Km / h = 1000 m / 1 h * 60 m * 60 s  ==>  1000 m / 3600

Então:

1 Km / h  =   1/3,6  m/s

Utilizar a funcionalidade de Tabela de Dados do MS Excel para fazer esses cálculos de distância, velocidade e tempo dá, além de uma boa mostra do crescimento proporcional entre eles também nos ensina um caso de utilizar esta funcionalidade tão interessante:

Tabela de Dados

Iniciamos fazendo os cálculos de uma maneira bem simples:

1 Formula BasicaDepois montamos uma tabela sendo que o eixo X (horizontal) receberá a variação dos tempos (em segundos) e o eixo Y (vertical) receberá as variações de velocidades:

Variação dos Tempos e Velocidade

Por fim iremos na ferramenta de Teste de Hipóteses contida na aba de Dados no MS Excel e selecionamos a sub-ferramenta Tabela de Dados sendo isso após selecionar toda a tabela das possibilidades conforme ilustrado na imagem abaixo:

Ferramenta Tabela de Dados

Então teremos nossos resultados. Estes representam cada hipótese de resultado para uma equação de duas variáveis.

Distancia em Segundos

E ai ? Você já imaginou  aonde mais pode aplicar esta ferramenta fantástica do MS Excel ?

Lembrando então: NÃO CORRAM COM SEUS VEÍCULOS, e se correrem, por favor, MANTENHAM DISTÂNCIA, ou seja, NÃO COLEM !!!

Faça o download desta planilha.

Veja outras postagens sobre Excel

Publicado em Dicas, Excel | Etiquetas , , , , , , | Deixe o seu comentário

Problema Financeiro 1: quanto um futuro membro deverá aportar em uma poupança para chegar junto aos demais ?

Dada uma determinada classe de ensino fundamental (3º ano), necessitará fazer uma poupança para que no final do 8º ano os alunos possam apresentar uma peça de teatro. Haverão gastos com aluguel de teatro, figurino, etc …  que serão rateados por toda classe. A poupança será alimentada da seguinte forma:

ocorrerão pagamentos trimestrais de R$ 150,00 até o final do 7º ano;

Para os calculos, foi atribuído o juros de poupança de 0,6% a.m. (ao mês) ;

A pergunta é: qual será o valor que deverá ser pago por um novo aluno ao ingressar nesta classe no início do 5º, 6º e 7º ano para que chegue junto (seja justo) aos demais que já estavam depositando?

RESPOSTA:

O que ocorre é que os valores que vão sendo depositados trimestralmente vão rendendo o juros acima mencionado, então não basta somar os valores sem seus juros. Há a necessidade de atualizar para o valor futuro. Veja imagem abaixo:

Planilha de atualização de valores para Valor Futuro

Se um aluno entrar no 5º ano, ao invés de depositar R$ 1050,0 na poupança, deverá depositar R$ 1100,27.

Se um aluno entrar no 6º ano, ao invés de depositar R$ 1650,00 deverá depositar R$ 1794,05.

Se um aluno entrar no 7º ano, ao invés de depositar R$ 2250,00 deverá depositar R$ 2540,21.

Essa diferença de valores se dá pelo juros que as parcelas anteriores renderam até a data futura (como ilustrado pelas curvas vermelhas na imagem acima).

+ 1 detalhe: como a primeira parcela foi depositada em uma data que representa um período irregular em termos de trimestralidades, eu fiz a conversão da taxa de juros de 0,6% a.m. para uma taxa equivalente ao dia (A. D.) para poder realizar esses cálculos. Fiz os cálculos baseados na diferença entre datas em dias, ou seja, juros ao dia. Em outro artigo explicarei como fazer essa conversão, porém, você poderá olhar na formula do MS Excel disponível para download.

Faça o download desta planilha do MS Excel aqui.

Veja outras postagens sobre Matemática Financeira

Publicado em Administração | Etiquetas , , | Deixe o seu comentário

Scripts Transact SQL (T-SQL)

Seguem alguns scripts que escrevi, inclusive cursores, que podem servir de exemplo para outras coisas.

Procedures SQL Faça o download

Veja também:
Procedure Sybase / SQL Server que valida CPF / CNPJ

Publicado em Banco de Dados | Etiquetas , , , , , | Deixe o seu comentário

Três maneiras de realizar uma multiplicação no MS Excel

Multiplicação em MS ExcelSeguem três maneiras  de multiplicar ponderadamente no MS Excel. Faça o download abaixo.

Fórmula em Array

Sumproduct ou somaproduto

e tradicional

Array Formulas – Tres maneiras somar e multiplicar.zip

Publicado em Excel | Etiquetas , | Deixe o seu comentário

Após instalar Guardião Itaú o navegador não navega para site nenhum

Desinstale o WARSAW.

1) Vá em [Adicionar e Remover Programas] a partir do [Painel de Controle] do seu computador.

2) Ache o Warsaw e o desisnstale clicando no botão [Desinstalar].

warsaw

Leia artigo:

https://tecnoblog.net/176402/plugin-bancos-warsaw-ipv6-bloqueio/

Publicado em Dicas | Etiquetas , | Deixe o seu comentário

Usando MS Excel e pesquisando por Múltiplos Critérios em uma tabela

Em banco de dados podemos ter uma chave primária composta, ou seja, o identificador de um registro em uma tabela pode possuir dois campos ou mais. Exemplificando, imagine que temos um controle de pagamentos onde uma pessoa não pode efetuar um pagamento mais de uma vez na mesma data. Então teríamos uma chave primária composta com a data e o nome da pessoa desta forma restringindo a inserção de registros repetidos baseados neste identificador de registro ou chave primária.

Achei um vídeo excelente sobre este assunto no youtube:

Deixo um exemplo para download de onde apliquei a técnica. Olhar na planilha [Painel Resumo]

Publicado em Dicas, Excel | Etiquetas , , | Deixe o seu comentário

Microsoft Excel MATCH and INDEX Tutorial

Muito interessante este vídeo sobre Match e Index no Excel

Publicado em Dicas, Excel | Etiquetas , | Deixe o seu comentário